Clique para ampliar

Compartilhar:

Álbum Fotográfico da FACULDADE NACIONAL DE MEDICINA Traz Mais de 350 Fotografias dos Formando, Incluindo a de PEDRO CALMON e Alguns Outros Professores, Ano 1961

Álbum Fotográfico da FACULDADE NACIONAL DE MEDICINA

Traz Mais de 350 Fotografias dos Formando, Incluindo a de PEDRO CALMON e Alguns Outros Professores, Ano 1961

Grande Formato  43 x 30 x 10,5 cm.

Pedro Calmon (1902 – 1985)

Pedro Calmon Muniz de Bittencourt nasceu em Amargosa, Bahia, em 23 de dezembro de 1902.

Foi escritor, jurista, professor, historiador e político. Membro da Academia Brasileira de Letras e várias outras instituições acadêmicas. Filho de Pedro Calmon Freire de Bittencourt e de Maria Romano Muniz de Aragão de Bittencourt.

Pedro Calmon estudou em Salvador e ingressou na Faculdade de Direito da Bahia, em 1920. Em 1922, transferiu-se para o Rio de Janeiro, convidado por seu padrinho, Miguel Calmon, para secretariar a Comissão Promotora dos Congressos do Centenário da Independência. Bacharelou-se em Direito, em 1924, na Universidade do Rio de Janeiro.

Em 1925 ingressou no Museu Histórico Nacional, como conservador. Em 1934, tornou-se livre-docente da Faculdade de Direito do Rio de Janeiro.

Em 1935, elegeu-se deputado federal, pela Bahia. Em 1939, tornou-se catedrático da Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil e reitor, de 1949 a 1966. Durante o regime militar proibiu a entrada da polícia militar na Universidade do Brasil, dizendo: "aqui, esses beleguins de tropa militar não entram, porque entrar na Universidade só através de vestibular".

Em 1945, foi eleito presidente da Academia Brasileira de Letras e foi o delegado brasileiro na Conferência Interacadêmica para o Acordo Ortográfico, em Lisboa. Em 1950, tornou-se ministro da Educação e Saúde no governo do presidente Dutra. Doutor honoris causa da Universidades de Coimbra e professor das universidades do México, San Marcos, Quito e Nova York, entre outras. Em 1968, tornou-se presidente do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.

Pedro Calmon casou-se com Hermínia Caillet Calmon de Bittencourt, com quem teve dois filhos. Morreu em 1985.

Seus textos e seus vários livros sobre história ainda são uma importante fonte de pesquisa acadêmica.

 

Produtos recomendados

Placa Esmaltada Número (750) Original  Retirada de Fachada de Casa Antiga

Placa Esmaltada Número (750) Original Retirada de Fachada de Casa Antiga

por R$ 50,00
ou 3x de R$ 16,67 sem juros
ou R$ 45,00 por depósito bancário
Lata da Brilhantina Sólida  WILLIAMS  Lavanda Anos 1950

Lata da Brilhantina Sólida WILLIAMS Lavanda Anos 1950

por R$ 50,00
ou 3x de R$ 16,67 sem juros
ou R$ 45,00 por depósito bancário
Cartaz de Viagem de PORTO Para RIO DE JANEIRO do Navio GALERA TENTADORA Original de 1868

Cartaz de Viagem de PORTO Para RIO DE JANEIRO do Navio GALERA TENTADORA Original de 1868

por R$ 5.600,00
ou 3x de R$ 1.866,67 sem juros
ou R$ 5.040,00 por depósito bancário
Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura