Clique para ampliar

Compartilhar:

Troféu SABATINAS MAIZENA Programa Educativo da Extinta TV TUPI Apresentado por Heitor de Andrade, Original dos Anos 1950

Troféu SABATINAS MAIZENA Programa Educativo da Extinta TV TUPI Apresentado por Heitor de Andrade, Original dos Anos 1950

Altura 15cm

Sem Gravação

SABATINAS MAIZENA 1956 - 1965

A Televisão brasileira logo cedo copiou a estratégia do rádio de associar o nome dos programas a seus patrocinadores: alguns exemplos disso são:"Cartilha Musical Pirani","Show Musical Nobis","Divertimentos Ducal" e Sabatinas Maizena, um programa educativo, com a participação de vários alunos de colégios diferentes, que respondiam a questões escolares.

Ao final de cada ano o programa convidava professores e diretores das escolas que participaram do programa infantil e premiarem os alunos que mais se destacaram.

Ao lado de Gincana Kibon¸ Rin-Tin-Tin e Sessão Zás-Trás, o Sabatinas Maizena foi o grande sucesso infantil da época, tendo Heitor de Andrade como produtor e apresentador.

Na década de 1950, os programas da TV Tupi eram os mais assistidos e comentados.

Heitor de Andrade

Nascido na Itália, imigrou com a família aos dois anos de idade, em 1924; radicado na capital paulista, formou-se na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo quando conheceu o radialista Maurício Barroso que o convidou para fazer um teste na Rádio Tupi mas, como seu nome era difícil de ser compreendido pelo ouvintes, Barroso sugeriu-lhe o nome artístico Heitor de Andrade, com o qual ficou conhecido.

Com a inauguração da televisão no país por Assis Chateaubriand, Andrade passou para a TV Tupi onde participou atuando ou produzindo programas como O Céu É o Limite, Sabatinas Maizena (competição entre estudantes que ficou nove anos no ar) e também apresentou Números Milionários e Aponte o Culpado.

Heitor de Andrade faleceu em 1966, vítima de aneurisma cerebral, aos quarenta e quatro anos de idade

 

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Heitor_de_Andrade

 

Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura